abril 02, 2013

A Wanda NÃO é de Botucatu!
Nem o Coronel!!!

WANDA, NÃO!!!!!!!!!!!!!!


Acho uma tremenda “sacanagem” colocar uma bandida, mesmo que seja de novela, como natural de determinada cidade. No passado, já escrevemos sobre as “furadas” de Paulo Francis, Ítalo Rossi e Luthero Maynard...
AGORA, CHEGA!!!!!!!!
A responsabilidade é da autora, Glória Peres e da Rede Globo!!! Por quê essa marcação em cima de Botucatu?!?
Vamos parar como isso! Botucatu é uma cidade de nível médio, um centro universitário renomado, com uma Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia com a avaliação do Enade de ser a melhor do Brasil; a sua Faculdade de Medicina da UNESP tem a preferência dos vestibulandos em todo o Brasil; temos fábricas de Avião (Embraer), de ônibus (CAIO/Induscar e Irizar), de processamento de madeiras (Duratex e Eucatex) e muito mais. O município – com muita honra! – foi uma FAZENDA JESUÍTA QUE ABASTECIA o Colégio em São Paulo, da Companhia de Jesus - a Ordem Religiosa do PAPA FRANCISCO!!!
Vejam, abaixo, o artigo que escrevemos sobre esses “desaforos” contra uma cidade que os rejeita e os denúncia:
PAULO FRANCIS
No lançamento da revista PEABIRU seria impossível não fazermos uma home­nagem especial ao jornalista Paulo Francis, o maior e mais polêmico jornalista brasileiro da atualidade. No último dia 04/02/97, o aguerrido intelectual brasileiro "deu seu adeus às armas" na cidade de Nova York. Perda irreparável... Com 66 anos de idade, Paulo Francis estava no auge de sua vitoriosa carreira. Tendo atingido o "estado de graça" no exercício da cidadania, Paulo Francis era dos raros brasileiros que podia se dar ao luxo de dizer, sempre, o que pensava. As suas críticas e as suas observações iam do Presidente Fernando Henrique Cardoso, passavam por intelectuais "politicamente corretos" como Antônio Houaiss e "peneiravam" políticos como Lula da Silva e Mário Covas, este último em pleno exercício da governança estadual. Não precisava agradar a ninguém. O seu sucesso estava, exatamente, em dizer o que todos gostaríamos de dizer...

Nós. particularmente, sempre fomos admiradores dos escritos de Paulo Francis. Ele faz parte de uma galeria de brasileiros que fizeram do jornalismo a porta principal na defesa da cidadania, tão necessária a este país. Com David Nasser. Carlos Lacerda, Samuel Wainer. Nelson Rodrigues e poucos mais, Paulo Francis é modelo de profissional competente e vencedor.
Durante 25 anos, em Nova York, ele fazia o contraponto da política e da cultura brasileiras.
Uma citação famosa de Paulo Francis era lapidar : "...a imprensa brasileira devia ter mais personalidade, mais opinião... "
Muito culto, escritor, ator e crítico teatral, estudioso, não se deixava "encantar pelo sucesso passageiro". Foi um guerreiro. Um vencedor.
Em 1993, no lançamento do  volume do "MEMÓRIAS DE BOTUCATU 2" , fazíamos a abertura do livro com uma citação de Paulo Francis : "Para mim, uma cidade sem passado, sem lembrança concreta de seus antepassados, sem as impressões digitais de sua história, me confrange... "
Brilhante!  Diz tudo...
Em 1991, tínhamos uma coluna, "RECADO URGENTE' , no Jornal de Botucatu e, em 04/01/91, escrevíamos o artigo"Paulo Francis, Ítalo Rossi, Luthero Maynard e outros..." Nesse artigo, fruto de "garimpagem beneditina" na grande imprensa de tudo que era relacionado a Botucatu. fazíamos a sugestão de que o Poder Público fizesse um trabalho dirigido objetivando a divulgação positiva de nossa cidade. Com certeza, a própria sonorização da palavra BOTUCATU propiciou a que fosse usada como referencial pouco sério... Dois momentos de Paulo Francis no espaço de praticamente 20 anos...Vamos ao artigo :
"É extremamente importante que se busque - caso a caso - o resgate da imagem de Botucatu. A imprensa brasileira tem trazido citações de pessoas famosas que denigrem a imagem de Botucatu. São citações que tomam Botucatu como referencial negativo, como mau exemplo.
 Três dessas citações tínhamos arquivadas para estudo e posterior análise: a do ator botucatuense ITALO ROSSI, que em entrevista à revista "Manchete " (de 4/6/77), sobre o sucesso de sua carreira, ao dizer que era botucatuense o fez de forma pouco elogiosa à cidade; a do jornalista Luthero Maynard (sobrinho do Prof. Alceu Maynard de Araújo, botucatuense de coração e Patrono da Academia Botucatuense de Letras) que em sua coluna "Definições", no jornal "Folha da Tarde ",de 12/12/90, de forma gratuita fez a seguinte afirmação: "O inferno existe. E é pior que Botucatu ", e a do jornalista brasileiro mais agressivo, culto, idolatrado e bem pago do momento: PAULO FRANCIS. Temos dois registros de Paulo Francis referentes à Botucatu.
 O primeiro, data de 13/12/73, quando em sua coluna no jornal carioca "Tribuna da Imprensa ", referindo-se à eleição doPresidente Ford pelo Congresso Americano em substituição a Nixon que renunciara, dizia que "... o Congresso, seguindo a vigésima-quinta emenda da Constituição "elegeu" Ford, mas lugar de executivo é em próprio executivo e não legislativo. Fordfez todos os ruídos apropriados de lealdade a Nixon, por certo. Deve o diabo a Nixon. Chega a vice-presidente da nação mais poderosa do mundo, tendo um nível de competência de vereador de Botucatu. E tão chato que ninguém se dá ao trabalho de acatá-lo. Mas não bate carteira. Já é alguma coisa nos Estados Unidos de hoje ").
 O segundo registro, nos traz o consagrado jornalista em sua coluna do jornal "Folha de São Paulo", de 26/01/89, analisando o Presidente Bush, recém eleito, e sua mulher Barbara : "...Ela tinha 16 anos quando conheceu Bush, foi o primeiro e, presumivelmente, o último que beijou na boca. porque foi amor a primeira vista. Sabe-se que ela prefere mil vezes ficar em Kennebunkport, o palácio da família , no Maine, mas o que fazer ? Toda mulher inteligente sabe que os homens são essencialmente infantis toda a sua vida e precisam fazer alguma coisa que os faça sentir realizados, já que não podem, comoBarbara, ser mãe, avó e "with a litle bit of luck", bisavó . Há 42 pessoas da família Bush com quem ela convive. Basta como "realização ". Mas não para George. Sabe-se que Barbara odeia Washington, que acha. corretamente, provinciana, Botucatu-sur-mer, e , nunca disse, mas imagino que considere o Texas uma aberração da natureza, mas foi lá que Bush, financiado pelo Tio, brincou de empresário e começou sua carreira política. "
Dá para formar um quadro crítico ? Botucatu tem sido usada como referencial negativo, como exemplo do que há de pior.
Que fazer ? Lançar artigos agressivos contra esses notáveis ? Fazer Moções indignadas através da Câmara Municipal ? Que fazer ''
Talvez um trabalho de relações públicas direcionado e de alto nível surta melhor resultado ou algum resultado. O importante é que as autoridades constituídas e as forças culturais da cidade realizem um trabalho profissional que busque a divulgação junto a essas pessoas e à mídia em geral de que Botucatu tem, sim, os seus defeitos, como qualquer cidade, de qualquer Estado, de qualquer país, mas que tem também as suas coisas boas, que são muitas, tem um povo bom, mesclado de tantas raças quanto o próprio Brasil e que esse mesmo povo, através dos tempos, a tem colocado em destaque perante a história paulista e nacional. "
Luthero Maynard e Paulo Francis esclareceram que não citaram Botucatu com "animus injuriandi", muito pelo contrário...
Os dois volumes do "MEMÓRIAS DEBOTUCATU" e este artigo transcrito chegaram às mãos de Paulo Francis, através do malote que o jornal "O ESTADO DE SÃO PAULO" enviava regularmente àquele seu jornalista.
A imprensa brasileira e nós todos - brasileiros participantes - prestamos nossa homenagem a esse excelente profissional. O Brasil, com certeza, perde um de seus mais positivos referenciais do correto exercício da cidadania.
PAULO FRANCIS honrou o jornalismo brasileiro. Enfrentou com destemor os "politicamente corretos" e os "mansamente engajados''. Foi poderoso. Foi vencedor. (A.M.D)
( revista Peabiru, nº 01, de jan/fev/1997)

12 comentários:

Delmanto disse...

Não é fácil... Uma citação, repetida, repetida, repetida, em novela líder de audiência, “achata” todo um trabalho de anos e anos promovendo a cidade de Botucatu, suas belezas naturais, suas escolas e seu clima. É chamada de Cidade dos BONS ARES. Do alto da Cuesta (serra) de Botucatu dá para avistar o “Gigante Deitado” e as”Três Pedras” (ver post neste blog sobre o “Templo Negro Fálico”).
O “estrago” que a Rede Globo (TV TEM) e a escritora Glória Peres estão fazendo a Botucatu é imensurável!
É pena.
Esperamos que haja um reposicionamento da novelista. Pô, vá ser do “mal” assim lá na sua “terrinha”...

Anônimo disse...

Boa, Delmanto. Essa acertou na “canela”! Não haverá desculpas da toda poderosa, a “Vênus Platinada”... Mas fica o registro.
Que vá zoar na pqp!!!
Qual é?!?
Isso é uma GRANDE SACANAGEM!!!
(carlosantoniomascarenhas@yahoo.com.br)

Anônimo disse...


Ana Maria Tancler Stipp (FACEBOOK): compartilhou sua foto.
Acho isso uma falta de respeito com minha querida Botucatu, terra de ilustres cidadãos e personalidades consagradas no mundo artistisco e intelectual. É uma gde ofensa e causa indignação.

Anônimo disse...

Ana Maria Tancler Stipp (Facebook): É isso aí Armando Moraes Delmanto, adorei o artigo que fala tudo que nós gostaríamos de falar. Essa situação causa revolta, indignação aos botucatuenses de bem e que têm orgulho de sua terra. Bjs querido e cá estou sempre acompanhando um bom artigo.

Anônimo disse...

Ana Maria Nogueira Pinto Quintanilha (Facebook): Você precisa ver quanta gozação eu escuto!

regina claudia-requeri disse...

fui ler sobre a novela pra tentar entender ... parece que em piores maus lençóis está istanbul, belíssima e antiga cidade transcontinental, que abriga boa parte da história da humanidade, e onde a autora aloja os mafiosos do tráfico humano ... ou o rio de janeiro, cidade onde nasceu a maioria dos bandidos da novela, ...

em verdade, assisti a um trecho curtinho quando, zapeando, dei de cara com a tal claudia raia, numa interpretação sofrível ... aquilo sim é motivo de sobra, pra ofender a todos, homens e mulheres, bandidos ou não!!!

é isso.

Anônimo disse...

Joana Sant'Iago (Facebook): concordo!

Anônimo disse...

Antonina Mendonça (Facebook): Concordo plenamente!

Anônimo disse...

Joana Sant'Iago (Facebook): só conheço gente boa de Botucatu. Liga não , isso é despeito.

Anônimo disse...

Neuza Moises Rezende Leite (Facebook): Concordo ...Botucatu deve ser reverenciado pelo que de bom tem pra dar ...muita gente boa brilhando por ai e agora essa bandidagem..mta sacanagem mesmo que seja na ficçao!!!

Anônimo disse...

Alessandra Ragozo que horrível a Wanda de Botucatu??? concordo tb!

Anônimo disse...

Estela Dias (Facebook): Não tem competência e só!

Postar um comentário